Motivação...Auto-Motivação...


MOTIVAÇÃO
Palavra muito utilizada por profissionais, empresas e especialistas. Geralmente tudo no mundo gira em torno da motivação.

“Preciso de motivação para ir ao trabalho.” 

“Preciso de motivação para ir a academia.” 

“Preciso de motivação para estudar.” 

E por ai vai…

Mas afinal, será que você precisa de Motivação ou de Auto-Motivação?

Vamos entender a diferença entre as duas:

Motivação:
Motivo + Ação, ou seja, o indivíduo precisa de um motivo para fazer uma ação.

Auto-motivação:
é a capacidade de motivar a si mesmo, para encontrar uma razão e a força necessária para fazer alguma coisa, sem a necessidade de serem influenciados a fazê-lo por outra pessoa.

No nosso dia a dia, é importante nós termos um pouco de cada coisa, primeiramente vem a motivação, ela pode vir de várias formas, através de um elogio, de um prêmio, de um aumento salarial, de um novo desafio, de uma meta pessoal, ou seja, de coisas positivas que irão nos impulsionar a buscar aquele resultado, mas notem que na motivação você precisa de um fator externo, precisa de um auxílio, de um impulso.

Certo, mas ai você se pergunta, então qual o problema da motivação, ela é ótima, nos faz querer melhorar, correr atrás dos nossos objetivos, sim, isso é verdade, porém o maior problema da motivação é que ela dura pouco tempo. Por exemplo, um aumento salarial, no momento em que você o recebe você fica extremamente motivado, feliz, faz novos planos, porém ele vai durar o tempo suficiente até você se acostumar com ele financeiramente, ou seja, a partir do momento em que esse aumento já fizer parte da sua rotina, a sua motivação terá acabado e logo você irá precisar de outra.

A motivação pode ser comparada à um doce, você sempre precisa comer após o almoço para ficar feliz e motivado.

É nesse momento, que entre a auto-motivação, ela é como se fosse sua dieta, ela é a sua força de vontade, o seu real empenho em querer fazer sem ajuda de fatores externos.

Algumas dicas para você se Auto-Motivar:

1) MUDE SEU MODO DE PENSAR:

Quando você começa a pensar de forma positiva, automaticamente você começa a ter ações positivas, e tudo parece começar a dar certo, isso faz com que você tenha resultados esperados e floresça a sua automotivação.


2) ENCARE A AUTOMOTIVAÇÃO COMO UM DESAFIO:

Lembre-se que ser automotivado é para poucos, portanto esse já será o seu diferencial, você tendo um diferencial já começará a ser visto com outros olhos pelas pessoas ao seu redor e consequentemente atrairá coisas positivas.

3) NÃO ESPERE NADA EXTERNO:

Quando você se auto motiva, não pode esperar contribuições positivas externas, caso você as receba, ótimo, caso não, isso não pode ser um motivo para se desmotivar.


4) ACEITE QUE VOCÊ TEM DEFEITOS:

Aceitar suas falhas e seus defeitos é um grande passo para os acertos, foque nas suas qualidades que você as vezes desconhece e aprenda com os erros para minimizá-los. Quando se acerta mais do que erra isso causa uma satisfação, principal acompanhante da motivação.


5) FAÇA O QUE GOSTA:

Claro que não podemos fazer o que gostamos o tempo todo, mas procure nas pequenas coisas do dia a dia fazer algumas das quais sente prazer, se sentir bem e feliz é uma realização, o que contribui para que você sempre faça melhor.


Comece com uma motivação, mas continue com a auto-motivação, caso contrário sua vida será repleta de insatisfação e frustrações e provavelmente muitas das metas que você planejou, nem sairão do papel.

“Acredite em si próprio! 
Você é Capaz! 

Amorosamente,
Fernanda Tomaz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Certezas...Dúvidas...